logo
Dragao Vermelho
HORÁRIOS E TURMAS
Kung Fu

Segunda, Quarta e Sexta 10:00 às 11:00
Terça e Quinta 07:30 às 8:30
Segunda e Quarta 15:00 às 16:30
Sábado 10:30 às 12:00


Kung Fu Infantil

Segunda, Quarta e Sexta                   18:30 às 19:30


Kung Fu Iniciante

Segunda, Quarta e Sexta                   19:30 às 20:30
Segunda, Quarta e Sexta                   20:30 às 21:30

 

Kung Fu Infantil Avançado
Terça e Quinta 18:00 às 19:00


Kung Fu Avançado
Terça e Quinta 20:00 às 21:30

O QUE É O KUNG FU
 
 
Diversas formas de artes marciais muitas vezes são confundidas entre si. Kung Fu é o termo mais conhecido para designar todas as formas de artes marciais desenvolvidas e praticadas na China, berço das artes marciais.
 
O Kung Fu é uma luta marcial chinesa que surgiu há mais de 4000 anos. Um dos berços foi o Templo de Shaolin no Estado de Honan (norte da China), onde os monges, devido a sua dedicação e devoção, obtinham resultados excepcionais através do domínio técnico, físico e mental.
 
A principal característica do Kung Fu é os movimentos (ataque e defesa) baseados nos animais (dragão, tigre, leopardo, serpente, macaco, águia, luva-a-deus, garça, etc.), os elementos da natureza (água, madeira, fogo, terra e metal) e os princípios que regem o universo (Yin e Yang) que combinados com os movimentos criados pelos mestres, deram origem aos diversos estilos de mãos livres bem como uma grande variedade de armas.
 
O Kati é uma sucessão de golpes de ataque e defesa, disposta de maneira lógica e que determina as características do estilo. Um estilo pode ter vários Katis que normalmente obedecem a uma seqüência ordenada para aprendizado, de acordo com o estágio de evolução, complexidade dos golpes e técnicas de luta.
 
 
 Histórico do Templo Shao Lin
 
O imperador Xiaowen (da última dinastia Wei) foi o responsável pela construção do templo, situado entre as montanhas Songshan na província de Honan (o Templo de Shao Lin), fundado no século V em 495 a.C. (a primeira escola de budismo da China). Apesar disso, várias centenas de anos se passaram até que o budismo lá se instalasse.
 
Prajnatara, 27º patriarca do budismo percebeu que Batuo, primeiro monge budista a chegar da Índia na China, dera ênfase demasiada a prática de rituais que nada tinham haver com a salvação da alma, essência do budismo. Por isso mandou seu discípulo e sucessor Bodhidharma, o 28º patriarca do budismo para a China, a fim de difundir os “verdadeiros” princípios do budismo, que tinha a ver com a meditação e a autodisciplina.
 
Após viajar pelas perigosas montanhas do Himalaia, Bodhidharma foi recusado no templo pelo abade Batuo, por ciúme da elevada posição de Bodhidharma na hierarquia budista, e pelos seus diferentes modos de interpretação do budismo. Bodhidharma sentou na posição de “Lotus” (pernas cruzadas) e meditou durante 9 anos, na frente do templo. Após testemunhar tamanha disciplina, Batuo aceitou o grande sábio como seu mentor.
 
“O verdadeiro Kung Fu vem com o conhecimento do básico...
Uma base sólida é o caminho para o domínio da arte.”

 
Armas
 
Bastão: É a base das armas longas e quase sempre a primeira que o praticante aprende. Existem vários Katis para esta arma cujos efeitos são mortais.
Facão: Presente em quase todos estilos de Kung Fu, geralmente as técnicas se caracterizam simples, porém extremamente eficientes na conclusão dos golpes.
 
Espada: Seu uso exige grande habilidade, pois se trata de uma arma leve que nunca deve chocar-se direto com a arma adversária. Sendo duplamente cortante, requisita do aluno reflexos rápidos, “atenção” e estabilidade na movimentação.
 
Punhais: Eram utilizados nas lutas corporais. É perigoso até para quem o usa, podendo se não houver o devido cuidado, acarretar em ferimentos decorrentes de sua utilização. Hoje faz parte dos treinos por se tratar de uma arma tradicional.
 
Armas Longas: Lança. São capazes de desenvolver a coordenação de um praticante entre os braços e o restante do corpo.
 
Bastões  Bi – articulados: Uma parte longa e a outra curta, bastante eficiente, pois a ponta articulada exerce a função de uma corrente.
 
Bastões  Tri – articulados: Considerado como a mais difícil de manejar entre as armas longas. Possui ao mesmo tempo as características de bastão, corrente de bastão curto, sendo ensinados apenas para alunos mais experientes.
 
Ganchos: Conhecido como o rei das armas, possui corte e pontas em toda a sua extremidade, exceto o lugar por onde é segurado. É capaz de fazer frente, em combate, a qualquer arma. Seus movimentos são adaptados para desarmar o adversário.
 
Corrente: Uma das armas mais difíceis de ser manejada, muito útil, eficaz e exige anos de prática para um bom e total aperfeiçoamento.
 
Nunchaku: Uma arma muito conhecida por ser difundida através dos lendários filmes de Bruce Lee e por sinal muito eficiente.
 
Sai: Arma dupla possui 3 pontas sendo a do meio maior . É capaz de perfurar. Seus movimentos são adaptados para atacar e desarmar o adversário.
 
Leque: Aparentemente suave mas com o poder de ataque e defesa, suas hastes flexíveis juntas são utilizadas para atacar.
Rua Oleoduto nº 246 Bairro Petrolândia - Contagem/MG
© www.dragaovermelho.com.br - Todos direitos reservados
Desenvolvido por Abasoft